queria cair, assim mesmo, tipo CAIR
CAIR
CAIR
CAIR
queria passar o tempo
contando e recontando
as pintas do seu corpo
olha o desgosto chegando
olha o desgosto
olha o
olha
eu gosto
do gosto
 que o gosto do gozo
pela vida tem

i sera qui o qui é qui ta acontecendu aí num ta acontencendu aqui?
o fato de começar sem ter começado ainda
de já ter começado sempre
de não ter começado nunca


por Thereza Rocha
era praeu estar dormindo
era praeu
era
    e
                                              x
                                                  a
                                        us
                                 t
                                                                            ã
                                                                                   o
a coisa
mais maravilhosa
que me aconteceu
ainda não me aconteceu
talvez não acontecerá
e tá tudo bem

desculpa por eu não ter aprendido a te amar
+ 1ma vez
vo mitar
vo mitarrr
vo mit ar

me assusto com tantas desgraças
me assusto estando tão perto

um AAAAAAAAAAAAA 
é ou tem potência para
virar poesia?
não conseguir cuidar dos outros
não conseguir cuidar de si mesma
não conseguir cuidar
não conseguir
não
.







.










..
luz solar
.


















.

conte quantas
pintinhas
tem o meu corpo
enrole os cabelinhos
da minha vagina
trace as linhas desregulares
das minhas estrias

os seres humanos
eles são muito frágeis
não gostar da gente mesma
enquanto um monte de gente
diz que gosta da gente

n


e


         b                          u                          l                      o

                s                           i                                                                               d                                                                                                                                                                                                 a d
e
um abraço
que seja
minha casa
o mundo que me aguarde
                      me aguarde mundo
                       me guarde mundo
                                         amém
é muito medo
quando bate
aquela vontade
de gritar
vomitar: esse verbo
que só sabe
desaguar na garganta
que não
desapega da boca do estômago
não sei bem sobre tudo não
M E R C A D O
             arte
a garganta fechou
desculpa,
por mtas vezes
acabar deixando
por aí, e não no poema,
algumas letras
corpos imersos
corpos perdidos
corpos que não
conseguem lidar
mt bem c nada
o q é esse tal de amor
troca
excitar o amor
esses vazios
arte
essa
coisa
que
volta
e
meia
me
puxa
pra
essa
coisa
que
volta
e meia
chamam
de vida
a
     u
           t
                o
          i                                  s                          
                                                   o                                     l
                                                                                                     a
          e             
                    n            
                                                                         to
e u   t ô   vo l t a n d o
d i s s e 
                                                                                                           
                     o q é meu           o q não é meu 
                                                o qé meuo qnão émeu
gosto do
gosto que
o verbo
saborear tem
nos lábios
na língua
po3m3sILus0~es
p03m4s  я34LId4d3s
                                                                mais volume
                                                                mais volume
                                                                mais volume
                                                                mais volume
                                           mais volume
                                           pras vozes
                                           que pedem
                                           mais volume
                   mais volume
                   pros pelos
                   que pedem
                   mais volume
mais volume
pros cabelos
que pedem
mais volume
simples assim
ou
complexo assim
observe a palavra
dormir
deixa um espaço no lugar da letra m
fica 
dor         ir
interessante, né?

i
  n
s
                                               a
              t    i               s
                                                f  a                                    
      ç                                                ã
                                                                                            o
deusa
diga não
a reforma
trabalhista
amém

tensões
tesões
tensões
existem pessoas
que se interessam em
jogar água na peneira
e outras que num
se interessam
e outras
nois tá triste
mas nois segue o baile
se amar +
se saborear +
vemk
vem conversar
vem tentar entender 
o que esses 
corpos periféricos
tem a te dizer
c
                                           o
m
                           p
                               l
                                  e
x  i  
d                   a              d            e
organiza a palavra
na boca amanda


organiza a palavra
nois
deixou
os poema
se distanciar
de nois

olha 
para 
essa
 poesia


eu acordo
todos os dias só por: amor


estou frustrada estou frustrada  estou frustrada  estou frustrada  estou frustrada  estou frustrada  estou
aff
essa é a história de uma garotinha
que aos 12 anos brincando com uma bola colorida
chuta em direção a uma gaiola sem querer
a gaiola cai, o passarinho da gaiola morre

essa é a história de uma garotinha
que desde a morte desse passarinho
morre todos os dias
o que está entre a tensão e o afrouxamento
.




.


.

                                                   .





 . uma dança de pontos
esse tal de brasil
que só sabe pesar
pesar sobre meus ombros
trapézio tensionado
esse tal de brasil
que só sabe pesar

tem gente que gosta de chupar
tem gente que não gosta

OLHA A BAGUNÇA QUE ESTÁ ISSO!!!
eu procuro alguém pra fazer uma poesia comigo,
tem que ser terno e triste
é essencial que seja triste

os olhos de poeira, muita saudade e medo

gestos de até logo com jeitinho de adeus
tem que ser distraído, sorrir à toa...
sempre querer chorar e nunca consegui,
e ter amado muito e ter sofrido,

e andar de poeta que fala sozinho
e falar muito abandonadamente...

é preciso ter jeito de quem quer está querendo ser criança outra vez
e as mãos de um jardineiro quando está chovendo
que saiba muito como começar a sorri, mas que nunca saiba como começar a falar
mas a maior urgência que existe o essencial o muito essencial...
É ser imensamente t r i s t e





por maria cecília
limpei a casa
ela continua suja

eu sempre limpo a casa
ela sempre continua muito suja



o q me interessa agora é o "entre" das coisas
entre uma coisa e outra


somatório







.
essas
    palavras
que não
                                                                                                                             sabem sair da boca